sábado, 4 de maio de 2013

Pedro Baleia


PEDRO BALEIA
(Anne Lieri)


Anne Lieri
ilustração de Carlos Klenquen.

Esta é uma história que aconteceu comigo.

Eu sei que é verdadeira porque conheci Pedro Baleia.

continue lendo...

Fui sua professora durante um ano.

Pedro era um menino de apenas quatro anos, sardento, olhos castanhos muito vivos e cabelos espetados, cor de espiga de milho.

Tinha um rosto diferente, engraçadinho e, não havia quem não gostasse dele!

Naquele princípio de ano, estávamos estudando os animais que vivem na água e foi no dia em que assistimos a um filme sobre as baleias, que começou a mudança de Pedro.

Nunca em seus poucos anos de vida, ele havia visto um animal tão interessante!Tudo ele queria saber, sua curiosidade não tinha fim: 

_ Que tamanho é a baleia?
_ O que ela come?
_ A baleia é brava?
_ Ela é forte?
_ Seus dentes são afiados?
_ Como ela mama?

Em casa, sua mãe não tinha mais sossego: precisava responder milhões de perguntas e, desesperada, veio conversar comigo: 

_ Professora, meu marido e eu não sabemos mais o que fazer. O Pedro só pensa em baleias, sonha com elas!Não sei como responder a tantas perguntas!

Coloquei aquele desenho do "Pinóquio" onde ele é engolido por uma baleia, ele assistiu várias vezes e, agora, a coisa piorou: ele virou uma baleia!Perdi meu filho, professora!

Quando chamo pra almoçar ele só quer peixe porque diz que baleias se alimentam de peixes, não escova mais os dentes... Fala que baleias não escovam os dentes!O que faço?

Procurei orientar o melhor possível, explicando que poderia ser apenas uma fase, para que ela se acalmasse, que isso é comum e que poderíamos tentar desviar o interesse dele para outras coisas.

Foi inútil!Nem valentes leões, gigantescos dinossauros ou bravos super-heróis ganhavam das baleias.

Já no dia seguinte, percebi sua transformação! Ele não entrou na sala andando ou correndo como as outras crianças: entrou nadando!

Ao desenhar só fazia baleias. Pintura, só de baleias. Modelagem: baleias. Escreva seu nome: baleia.

Na hora do parque só brincava de ser baleia e os colegas entravam na dele: eram peixes, os mais variados. Só o Pedro podia ser a baleia!

Por este motivo seu apelido em toda escola era Pedro Baleia.

Cá entre nós, era perfeito: as mãozinhas eram nadadeiras, balançava o corpinho imitando o rabo da baleia, mostrava os dentinhos e, ás vezes, fugia de mim, ia até o banheiro, enchia a boca de água e voltava para espirrar água nas meninas, como fazem as baleias!

Durante o ano inteirinho procurei outros assuntos que o interessassem, mas nada deu certo!Pedia um desenho, mas não podia ser de uma baleia... Ele desenhava o mar e dizia que a baleia estava atrás!Fazia baleia de todo tipo: enormes, pequeninas, baleia mãe, baleia pai, baleia filhinho, baleia dançarina, baleia assassina...

O ano passou.
Pedro cresceu.

Um dia desses encontrei sua nova professora. Não resisti e perguntei: 

_ E o Pedro, como vai?Ainda é uma baleia?

Ela me olhou, sorriu e disse apenas: 

_ Não. Agora ele é um tubarão!

FIM


Esse conto já postei muitas vezes por aqui, mas sempre é divertido reler.

Pedro foi meu aluno mesmo.

E curtia baleias!

Com esse conto fui uma das escolhidas no concurso "Valeu, professor" em 2010.

Essa história está numa antologia que foi enviada a todas as escolas municipais de Sampa.

Espero que gostem! Beijos,

27 comentários:

Belinda disse...

achei demais...!!
beijos e bom final de semana
http://pactodacinderella.blogspot.com.br
Twitter - @Belinda_cind

✿ chica disse...

Gostei muito de reler e nunca mais soubeste nada dele? Seria legal ver e saber dele,não? Linda ilustração do Carlos. Parabéns aos dois! beijos,chica

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Anne, não tem como não gostar. Gostosa de se ler, prende a atenção da gente, ficamos preocupados com uma possível "cura" do Pedro Baleia, expectativa de sua evolução e, finalmente... Pedro Tubarão, kkk!
Ótima história. Valeu, Anne.
bjs
Manoel

edumanes disse...

O menino que queria ser baleia
Cresceu, virão a tubarão
Deixou de brincar na areia
Estará apaixonado o seu coração!

Lindo adorei.
Um abraço.

Célia Rangel disse...

Anne! Essa sensibilidade sua fez despertar a criatividade de seu aluno! Divertido de ler... imagino interagir com essa história verídica! Parabéns!
Bj. Célia.

João Felipe disse...

muito legal esse Pedro. jogar agua nas meninas deve ter sido uma bagunça..beijos

Majoli disse...

Que delícia de história, ainda mais sabendo que aconteceu realmente, Anne!
Fiquei curiosa em saber, se depois de baleia e tubarão, no que ele se transformou..rs.

Linda!
Parabéns!

Beijos com carinho.

Wanderley Elian Lima disse...

O nome é bem sugestivo.
Bom fim de semana
Bjux

Renata Diniz disse...

Anne! Muito bacana! Criança quando cisma com algo é assim mesmo!! Beijo!

carol guezdan disse...

Oi Anne ,como não ganhar prêmio,é uma historia maravilhosa,mais ainda sendo uma historia real.
Pedro querido,de imaginação fertil.
ótimo final de sábado e bom domingo.
Beijinhos

Tetê - Sem Neuras disse...

Amei o conto, Anne! Eu ia adorar conhecer o Pedro Baleia! Ele devia ser divertido! Bjks Tetê - Avaliando a Vida

Lilá(s) disse...

Achei o máximo essa história do menino baleia! sendo real desperta ainda mais o interesse. Gostava mesmo de ter tido o Pedro como aluno...
BJs

Evanir Garcia disse...

Anne .
Linda a história da Baleia.
O Pedro existe não é imaginação
adorei amiga .
Um feliz final de semana beijos no coração,,Evanir.

Jovita Capitão disse...

Adorei a história!Texto bastante criativo. E gostei imenso de saber que foi real.
Parabéns!:)

http://rainhadasinsonias.blogspot.pt/

Fabi - Balaio de Gato disse...

nossa que blog lindo amei...parabens
e um otimo fim de semana

edumanes disse...

Bom dia amiga Anne Lieri, venho aqui desejar,
Para todas mães, do mundo
Que hoje se comemora o seu dia
Ninguém aos seus direitos fique mudo
Para todas desejo muitas felicidades e alegria.
Abraços e beijos com carinho.
Eduardo.

Maria Luiza disse...

A-DO-REI! Tinha que ser de professora mesmo, como você! Mmuito legal, Anne! parabéns! Beijão!

Magia da Inês disse...

¸.•°✿✿⊱彡

Muito lindo, eu não conhecia, amei!...
Ótima semana!
Beijinhos.
Brasil.°✿⊱彡
¸.•°✿✿⊱彡

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Que graça, Anne
E Pedro deve ter amado ter uma professora tão doce quanto você, não?
Já estamos de volta e a cirurgia da Roberta correu bem
Obrigada pelo seu enorme carinho para conosco
Lindo domingo, amiga
Beijinhos e o nosso carinho
Verena e Roberta

Aaliyahrj disse...

Amei a história e a ilustração.
Ser professora é o máximo! Nos possibilita conhecer uma infinidade de mentes e coraçõezinhos maravilhosos.
Bjoks

Milton Kennedy disse...

Oi amiga Anne Lieri, ainda não tinha visto esta história por aqui...
Muito divertida.
Abraços e paz.

Pequeno Príncipe disse...

Pedro, adorou a história!
Anne que legal esse conto e saber que é verdade.
Com carinho,
Pedro e Amara

Celina disse...


oi amiga Anne historia interessante adorei , tem crianças assim ,um dos meus netos cismou que o nome dele era outro, ele se chama Fernando mais sismou que se chamava Roberto e passou foi tempo para aceitar o verdadeiro nome, outros pensam em voar, outros pensam em um animal.
Um abraço fraterno Celina,

Mira disse...

Gostei da história do Pedro Baleia,
essa curiosidade do menino ,também
já tive um Pedro curioso ,não é fácil
vou seguir seu blog ,beijos

Zilani Célia disse...

OI ANNE!
ESTA MENINA, MESMO NUMA HISTÓRIA REAL, FAZ NOSSA IMAGINAÇÃO VOAR JUNTO, JURO QUE VI O "PEDRO BALEIA"...
ADORO TUAS HISTÓRIAS.
MERECESTE O PRÊMIO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Sissym disse...

Anne,

Que gracinha.

O filho de um amigo pensava ser o Superman e um dia se jogou no lago - nada limpo - de um parque. ahahah nunca esqueci da historia contada.

Beijos

Beth/Lilás disse...

Ah que legal este conto do menino baleia e que agora é um tremendo tubarão!
As crianças sempre idealizam algo e alguns ficam marcados para sempre.
Adorei!
beijos cariocas


Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...