terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Se tudo fosse poesia




menina voadora

Se tudo fosse poesia
Que lindo seria o mundo!
Pleno de sol, de alegria
O amor seria profundo!


Olhares se atreveriam
A enxergar mais além...
Não haveria maldade
Nem palavras de desdém...


Se tudo fosse poesia
(E poesia de criança)...
Haveria fantasia,
Ciranda, roda, festança!


Ninguém teria vontade
De ser mais do que ninguém,
Reinaria a liberdade
Pra ser o que nos faz bem!


Se as coisas fossem poesia
Varreria todo o mal!
E toda nossa energia
Seria pro bem geral!


Então a paz tornaria
Os dias mais azulados..
E em nós existiria
Essa tal felicidade!



sábado, 21 de janeiro de 2017

Se puder...



menina voadora

Tudo que puder fazer de bom
Se puder, não hesite e faça!
Se ontem algo saiu do tom
Busque ser melhor hoje, com raça!


Saiba que a nossa evolução
Só acontece com quem se arrisca a mudar.
Portanto, busque sempre transformar a ação
Pois é bem melhor que não tentar.



Se puder agir com perdão
Tua alma seguirá em alegria,
Mas se ainda há rancor no coração
Jogue isso fora logo ao raiar do dia!



Se puder agir com generosidade
Seja assim com os que cruzam sua vida,
Mas se o egoísmo tua alma ainda invade
Devagar aprenderá a amar sem medida!



Se puder ter pela vida gratidão
Bem mais leve será a tua jornada,
Mas se ainda pede muito em oração
Saiba que a súplica é melhor que nada!



Sendo assim o que puder fazer
Para as forças do bem ajudar
Faça com vontade e vai vencer
Com certeza irá se transformar!


* Poesia inspirada em mensagem do espírito Maximilean do livro " Oásis do deserto".




segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Paula e eu





Paula e eu

(Uma história de amizade)


Paula Belmino acaba de publicar seu primeiro livro: “Bem poesia” e ontem fui ao lançamento na livraria Martins Fontes, na Avenida Paulista, em São Paulo( veja foto acima).

A história de nossa amizade vem de longa data, nem eu sei quando começou, mas acho que por volta de 1999 quando comecei a usar computador e entrei para o site de poesias Recanto das letras”.

Ali, Paula e eu nos aproximamos pela sintonia com o mundo infantil e o mundo escolar, pois somos professoras.

Quando publiquei meu primeiro livro: Lenita, a menina voadora” não quis fazer lançamento. Para quem me conhece um pouco sabe que sou avessa a reuniões sociais, meio bicho do mato, embora more na cidade grande...

Paula me convidou para uma feira do livro em sua escola. Na época ela ainda morava aqui em Sampa e eu aceitei participar com um teatrinho de bonecos que fazia na época e autografando meu livro. Por ser um ambiente escolar me senti em casa...

A partir daí nos conhecemos pessoalmente e a amizade fluiu com naturalidade. Participamos de vários eventos juntas, vi sua filha Alice crescer e é com alegria que vejo hoje minha amiga lançar seu primeiro livro de poesias (Individualmente, pois ela já participou de antologias).

Paula, muito sucesso pra você, tenho orgulho de sua trajetória e espero que o Bem Poesia te faça Bem feliz!

Clique no link e adquira o livro que está muito lindo:





Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...