domingo, 17 de junho de 2012

Patinho empatado


patos


PATINHO EMPATADO
( Anne Lieri)

Quis o pato certo dia
Dar um passeio na rua
Mas acabou a alegria
Chegou uma chuva boa!

O pato ficou empatado
Numa loja de chicletes.
Não queria ficar molhado
Nem correr feito um moleque!

Pato muito empacotado
Com tranqueiras que comprou
Na 25 de março, coitado...
Atrapalhado ficou!

Ás vezes pato demora
Mas ele teve uma ideia:
Um guarda chuva da hora
E uma galocha “veia”!

Assim, o nosso patinho
Terminou o seu passeio!
Mais parecia um pintinho,
Mas era o patinho feio!



Essa é minha participação no Domingo Cultural Música e poesia  da 

18 comentários:

✿ chica disse...

Que amor, mesmo molhado assim ficou lindo!!beijos,ótimo domingo,chica

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Uma participação muito criativa e divertida Anne.
Adorei esse pato.
um ótimo domingão para ti.
abração com carinho

Rute disse...

Parabéns pela participação Anne, esse pato ficou charmoso, mesmo de galocha e guarda-chuva.
Beijos, ótimo domingo

Kellen Bittencourt disse...

Muito bacana Anne, tem alguns gda chuvas que é o mesmo de não te-los não adiantam nada, rsrs e o patinho se encharcou! rsr Bjoooss

OBS: A partir de amanhã, Meu Blog vai sair do ar por 2 ou 3 dias p/ uma repaginada, não sei se vou conseguir fazer visitas nesse período! Abraços

Rick disse...

Eu rir. Pobre patinho na chuva. Pobrezinho. Se fosse ele brincava era na chuva feito um moleque mesmo. rsrsr.

Bjws Moça, até breve;
Sem Guarda-Chuvas

Imac by Artes disse...

Anne querida!
Esse pato não é pateta!
Amei ler sua poesia.
Já salvei pro meu netinho,
ele vai amar...
abraços! Um domingo iluminado
pra ti.

Magia da Inês disse...

°`♥✿✿⊱╮
♡¸¸.•
Estranho pato que não gosta de água.
Boa semana!
Beijinhos.
Brasil
¸.•°`❤✿⊱╮

Elisa T. Campos disse...

Que lindo pato.
Foi até a r. 25 de março para comprar
seu guarda-chuva e galocha véia.

bjs.

Tunin disse...

Lembrei-me do patinho feio das historinhas infantis.Muito legal!
Abração.

Kamila Sensei disse...

Olá Anne.
Que lindo esse poema. Seus poemas são sempre alegres e divertidos.
Tadinho do patinho, pegou uma baita chuva. rsrs

Abraços
http://suinguken.blogspot.com.br/

Gracita disse...

Oi Anne querida.
Quem não se atrapalha de vez em quando. Apesar de molhadindo e meio perdido eu adorei esse patinho. Lindo! Beijokinhas de carinho
Gracita

manuela barroso disse...

Uma graça de imagem
Uma bela poesia.
Quem nasceu poeta, tudo parece tão fácil!
Beijinhos Anne!

Mamãezinha disse...

Anne! Gostei! Tadinho do patinho molhado!

Essa semana vou postar a Gotinha Legal! Muito obrigada pela disponibilidade.

Beijos e ótima semana!

edumanes disse...

O Patinho Empatado
A andar ele continua
Para não ficar encharcado
Se protege com guarda-chuva!

Mas se não tiver cuidado
Pode poder a pata na poça
Vai todo rebitado
Descalço sem galocha!

Mas que pata tão vaidoso
Que de guarda-chuva apareceu
Também será guloso
Chicletes ele já comeu!

Desejo uma noite muito feliz para você,
um beijinho
Eduardo.

edumanes disse...

Corrijo: Pode pôr a pata na poça, e não pode poder a pata na poça.

Isabelle Câmara disse...

Anne, querida! Faz tanto tempo que não venho aqui que só agora estou vendo as mudanças pelas quais seu blog passou... ficou lindo!!! beijo de luz pra vc.

Edilene disse...

Lindo, Anne. Adorei seu pato. Vou ler para meus alunos!

Não estou mais conseguindo postar aos domingos. Trabalho, trabalho e trabalho. Não estou dando conta de blogs, filho, escolas e outras coisitas.

Beijos e tenha uma semana linda!

marciagrega disse...

Lindo e encantador esse pato...
Estava com saudades de vir aqui amiga!

Beijos e boa semana!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...