domingo, 5 de fevereiro de 2012

Vamos de Rubem Alves




VAMOS DE RUBEM ALVES
( Anne Lieri)

Hoje estou participando da blogagem coletiva "Domingo Cultural" da Edilene e da Ana Carla nesses links:




Resolvi falar um pouco sobre um livro que ganhei da Celina Dutra, nossa querida amiga blogueira, e se chama "Variações sobre o prazer" de Rubem Alves.

Em dado momento ele fala da necessidade de "desaprender" velhos conceitos para recomeçar.

É preciso limpar as gavetas,tirar as teias de aranha para colocar novas ideias e conhecimentos.

É preciso voltar a ser criança e fazer tudo como se fosse a primeira vez.

É preciso fechar os olhos, para enxergar melhor!

Já notaram como é muito melhor escutar uma canção de olhos fechados?

Para um professor é preciso estar aberto a aprender com seus alunos, a sentir com eles e sempre, sempre se abaixar para falar com uma criança.

Temos muito a aprender com elas!

Emília Ferreiro nos mostra em sua proposta construtivista que o aluno só irá aprender o novo, no momento em que "descontruir" o velho.

Apenas quando houver a dúvida, a incerteza se aquilo que penso é certo, é que estarei pronta para deixar entrar o aprendizado.

Desaprender as coisas me parece fundamental e o ponto de partida para recomeços.

Deixo então a minha sugestão de leitura:

Rubem Alves
Variações sobre o prazer





18 comentários:

✿ chica disse...

Linda participação essa tua. Rubens Alves é maravilhoso! beijos,tudo de bom,chica

Ana Paula disse...

Adorei esta ideia de um domingo cultural!
Logo cedo passo aqui e leio e aprendo com este delicioso texto. Desaprender, esvaziar, fechar os olhos.
Um beijo para você Anne e também para a querida Celina!
Bom domingo.

marlene disse...

LINDO ANNE CULTURA ENOBRECE O HOMEN E SEMPRE É BEM VINDA PARA APRENDER ÉSEMPRE TEMPO NUNCA SE DIZ JA PASSOU DA HORA ADOREI ESTE TEXTO LINDO PARABENS AO AUTOR E A VOCE MINHA AMIGA BOM DOMINGO COM CARINHO MARLENE

Su disse...

Anne querida.

Maravilhosa postagem trazendo Rubem Alves. Estamos em sintonia, foi minha postagem de ontem, embora seja outro texto.

Lindo!

Obrigada pelo carinho por lá!

Beijos menina voadora.


Su.

Célia disse...

Nossa! Indicar Rubem Alves é uma pedida fabulosa! Deixo outra indicação:"Do Universo à Jabuticaba" - vale a pena! Sempre! Sou assídua leitora desse autor!
Abraço da Célia.

Edilene disse...

Excelente autor, adoro seus ensinamentos. Obrigada. Beijos e um lindo domingo!

Mamãe pela 2ª vez disse...

Anne esta semana estava falando com uma amiga que só reclamava do marido, disse a ela que não é só ele que precisa mudar ela tbm, disse pra ela orar e pedir a Deus procurar uma igreja uma oração, sabe o que ela disse o que tiver que ser será.
Acho que ela precisa "desaprender para recomeçar".
Adorei a dica do livro.

Poesia do Bem disse...

Eu nunca li um livro inteiro do Rubens Alves apenas citações, e textos em blogs e revistas, entrevistas, mas sou apaixonada pela maneira dele escrever tão claro e reflexiva, de falar com a alma da gente. Bjssssssss e vem ver novidade depois.

Tunin disse...

É sempre um prazer ler o Rubem. Ele é sempre incisivo.
Abração e bom domingo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Gde post e participação Anne...

Bom domingo!

beijooo.

Míriam disse...

Oi , Amiga:
Adorei esse post! Fechar os olhos para ouvir uma música, sentimos como se ela penetrasse a alma. Aprender com as crianças: como elas têm a nos ensinar! Adorei a indicação do livro!
Uma deliciosa semana para você!
Beijos!

marciagrega disse...

Anotado Aninha. Mais um livro pra minha lista de espera!
De fato, tudo fica melhor assimilado quando as nossas gavetas estão livres do lixo antigo... Desacumular é um método sensacional para caber mais conhecimento!

Beijão amiga!

Rosa Carioca disse...

Gosto muito de Rubem Alves. Obrigada pela dica.

Joel G Costa disse...

Amiga, tenho certeza absoluta, as crianças são os melhores mestres que poderiam ter nesse mundo, que bom seria se elas governassem o mundo!

Abraços!

Meri Pellens disse...

Esse passarinho do Twitter quase não quer me deixar ler o post, que atrevido! rs...
Mas é isso, aprender a olhar com os olhos de criança. Engraçado, é aprender a ser o que já fomos.. Onde perdemos nosso olhar de criança?
Beijinho, Anne.

Meire Oliveira disse...

Anne querida, esse é um dos livros da minha lista. Estou no momento lendo exatamente um do Rubem Alves que é "Ostra feliz não faz pérola" tbm ótimo.

Desaprender é mesmo mais difícil que desaprender, pois requer de nós demolirmos conceitos já agarrados em nós, requer reconstruir construções em lugares dentro de nós onde achávamos que tudo ficaria demolido pra sempre, mas é exatamente pelo fato de estarmos sempre re-começando a vida todos os dias que não devemos nos prender a certos conceitos e termos firmeza suficiente pra deixar voar o que tiver que voar e deixar chegar as mais brilhantes novidades.

bjos de luz e carinho :)

Magia da Inês disse...

Concordo, desaprender para realmente aprender.
Boa semana!
Beijinhos.
Minas
✿⊱╮
¸.•°`♥✿⊱╮

Clara disse...

É difícil isso,mas tão necessário.
Tem gente que fica enraizado no velho e morre de medo até de mudar marca de shampoo. Não experimenta o novo nunca.... conheço muita gente assim.
Eu gosto de novidades, de coisas novas, isso rejuvenesce a gente, nos dá uma levantada, nos faz ir pra frente.

Muito bom, Anne!!!
Beijossss

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...