terça-feira, 23 de setembro de 2014

Eu também já fui criança- Evanir

Eu também já fui criança


(Anne Lieri)





Nosso projeto Infância continua hoje em sua 8ª edição.

Visite nossos entrevistados anteriores clicando aqui.

Hoje a nossa convidada para falar de sua infância é a:
Evanir do blog “A viagem




Conte uma passagem da sua infância, ou em poucas palavras, o que se lembra de bom e/ou ruim nessa fase.


Na minha infância nunca tive um brinquedo, porque meus pais eram muito pobres.

Precisava ajudar o meu pai com as tarefas do campo,o que me fazia feliz era devorar os livros que chegavam às minhas mãos.

Às vezes sem condições de comprá-los, lia e relia o mesmo livro várias vezes e com eles eu me tornava a princesa, a mocinha e o meu príncipe sempre chegava.




Tinha alguma boneca ou brinquedo preferido?


Minha boneca era boneca de espiga de milho,como descrevo em meu livro.


Livro de Evanir á venda com a autora em seu blog.

Acariciava os cabelos da espiga de milho.

Na minha inocência dava asas à imaginação e via na boneca cabelo de todas as cores.



Na escola dava muito trabalho?

Na escola nunca dei trabalho para as professoras.

O período que ficava na sala de aula eram momentos felizes, momentos de lazer por conviver com outras crianças.

Podia brincar como também, ficava livre do trabalho do campo.




O que queria ser quando crescesse?

Meu sonho era continuar estudando para viver uma vida melhor, com mais oportunidades.

Sonhava em viajar, sempre desde pequenina tive fascinação por Portugal, mas o sonho mais importante era depois de formada poder oferecer uma vida melhor aos meus pais,que tanto se sacrificaram por mim e por minha irmã.





Deixe uma mensagem para as crianças.



Minha mensagem às crianças:

Crianças levem muito a sério os estudos, brinquem como crianças,
mas pensem sempre num futuro melhor e mais bonito.

De nada vale um dia vocês receberem uma herança se não tiver estudado para saber multiplicá-la.
Àqueles que nada têm para receber e terão de lutar pelo pão de cada dia,terão oportunidades melhores na vida se tiverem estudado.

Mas não se esqueçam que cultura não humaniza ninguém,muito importante vocês aprenderem os verdadeiros valores da vida.
Estes não têm dinheiro que compre, estes vêm de dentro da alma e são mais importantes e valiosos que qualquer coisa.

O mundo tem muitas coisas boas e belas para oferecer, mas também,
tem um lado desumano, ruim e só os bons sentimentos poderão livrá-los desta maldade.
Só os bons sentimentos, os verdadeiros valores poderão transformar o mundo.

Amem sempre, sempre.



Muito obrigada, Evanir por sua entrevista aqui no Menina voadora!










* as imagens desta entrevista são do Google e do blog de Evanir.

40 comentários:

Poesia do Bem disse...

Muito legal a entrevista com Evanir, tive uma infância parecida, ganhava pouco brinquedo, pois as condições eram poucas, dai a gente inventava

Evanir disse...

Anne...
Estou muito feliz por ter sido convidada para entrevista, falar da minha infância é algo que me emociona muito.
È gratificante ter ma amiga tão especial como você ,
que sempre esteve presente na minha vida.
Mesmo sem me conhecer eu não podia buscar meu livro em SP e você tão generosa trouxe em minha
casa mesmo sendo ditante.
Obrigada por mais esse momento
de especial carinho comigo.
Deus abençoe você amiga.
Beijos no seu doce coração.
Evanir.

Evanir disse...

Ops..Eu também fiz a postgem no meu blog.
www.aviagem1.blogspot.com

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Muito legal ler sobre nossa amiga Evanir. Muito bom!

✿ chica disse...

Parabéns às duas! Linda entrevista da Evanir! bjs, tudo de bom,chica

Rô... disse...

oi Anne,

muito bom ler um pouco mais da Evanir,
parabéns pela entrevista...

beijinhos

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Adorei saber sobre a infância da nossa querida amiga Evanir.
Parabéns amiga Anne.
Bjs às duas.
Carmen Lúcia.

Tina Bau Couto disse...

Minha mãe também brincava com suas bonecas de espiga de milho, vestidos de retalhos, cabelos de sabugo
Sempre bom ler histórias de infância, de vida, sempre bom contar também, receber esse convite, esse desafio que você faz e tão bem faz :)
Beijos nas duas!

Bell disse...

Linda historia da Evanir.

bjokas nas duas =)

Roselia Bezerra disse...

Olá, queridas Anne e Evanir
Uma linda entrevista e muito humana é a Evanir que se revela...
Criança 'pobre' se diverte muito mais... é fato!!!
A gente percebe sua meiguice nos posts... nos comentários...
Gostei muito!!!
Bjm florido às duas

Miguel disse...

As minhas férias terminaram… e para assinalar o seu fim publicarei um post, logo, à meia noite. Fico-te aguardando.

Gostei imenso da entrevista à minha muito querida amiga Evanir.
Já tinha lido (ainda há pouco...) no blog dela, mas gostei de rever.

Um beijo
Miguel

manuela barroso disse...

Para reiniciar esta nova etapa, nada mais gratificante que ver uma entrevista com a Evanir, pessoa que muito estimo e admiro.
Parabéns Anne E Evanir.
Beijinhos meus

Gracita disse...

Olá Anne
A Evanir é uma pessoa transparente e amorosa e aqui isso ficou cristalino onde ela mostrou em suas palavras a criança muito amada e que muito amou. E esta característica marcante de sua personalidade ela extravaza doando amor para todos que têm o privilégio de participar do seu convívio seja ele virtual ou real
Parabéns à vocês dias... Evanir pela genial entrevista e você pelo evento ímpar. És uma exímia entrevistadora.
Beijos às duas
Gracita

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde querida Anne
Me vi na infância da Evanir. Eu tinha boneca, mas gostava de brincar com o cabelo das espigas, eles eram tão brilhantes e cloridos, que me faziam viajar em sonhos!
Gostei muito de conhecer um pouquinho mais da vida da nossa amiga Evanir.
Abraço grande para ele, e para voce querida Anne todo o meu carinho!
Maria |Alice
Ps: Enviei um e-mail para voce.
Obrigada! O lançamento do livro vai demorar um pouquinho rsrs.
bjsss

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Linda entrevista, apesar de não ter tido uma infância restrita eu tbém brinquei com espigas de milho fingindo ser bonecas, Sucesso a Evanir! Bjosss

Edumanes disse...

Está lindo de encantar,
faz o que eu te vou dizer
vai aquela maçaroca assar
e manda-a para eu comer!

Pelos três a vamos repartir,
quando ela bem assada estiver
para mim, para você e para Evanir
por hoje era o que tinha para dizer!

Beijinhos para duas lindas senhoras!
Eduardo.

Luma Rosa disse...

Oi, Anne! Oi, Evanir!
Quem nunca brincou com uma boneca de sabugo de milho ou mesmo o fictício paninho enrolado?
Pensando na Evanir pequenina e imaginativa, sonhadora e tendo que trabalhar no campo. A vida não foi fácil!
Adorei a mensagem para os pequenos e já li em voz alto aqui em casa! :)
Que fofurinha a Larinha!!
Beijus,

Amara Mourige disse...

Anne, muito boa a entrevista da Evanir, gostei demais da mensagem para as crianças!
Beijos
Amara

Maria Rosa Sonhos disse...

Anne! Que beleza de entrevista com Evanir, ela tornou-se uma linda pessoa com sentimentos puros e muita sensibilidade. Beijo! Renata

Patrícia disse...

Conheço a Evanir aqui na blogosfera...emocionante sua história e sempre se manteve feliz...hj em dia muitas crianças tem tudo e reclamam, enfim parabéns para ela por ser como é e por cultivar boas lembranças de sua infância e aprender com ela.
Linda msg q deixou para as crianças, está certíssima e sua bisneta é uma fofa. Bjs, Anne

Rosemildo Sales Furtado disse...

E assim, conhecemos um pouco da nossa amiga Evanir. Adorei a entrevista. Parabéns para ti e para a entrevistada. Tem bolo lá no Arte & Emoções. estás convidada para saboreá-lo.

Beijos,

Furtado.

monique larentis disse...

lindas fotos. Adorei. Ser criança é tudo de bom :)

www.vivendosentimentos.com.br

Evanir disse...

Amiga Anne estou sem palavras diante de alguns comentários de amizade linda ,
que só por essas coisas vale a pena ser feliz com essas amizades ,
que tanto carinho tem me dado.
Do qual me orgulho muito pois Deus me deu os maires tesouros...
Obrigado a todos elo carinho.
Jesus te abençoe hoje e sempre sempre mesmo...
Abraços e beijos a todos.
Evanir.

Filha do Rei disse...

Que legal a entrevista. Evanir teve uma infância "rica".

Anne, tenha lindos dias. Bjs

Alê Biet disse...

Que legal!
É tão bom ler histórias de vida,ainda mais histórias da infância.

Beijos Anne e Evanir.

Anete disse...


Gostei muito de conhecer a história da Evanir por aqui!
Uma vida de crescimento e bons valores!!

Abraços às duas...
Muita paz..........

Vanuza Pantaleão disse...

A vida da Evanir sempre foi feita de superação, é uma saga. Valeu a pena focalizá-la aqui.
Parabéns a ambas!
Muitos beijos!

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Olá Anne, já li a entrevista no blog dela. Achei maravilhosa e nos ajuda a lembrar que a maioria teve uma infância semelhante, senão nos tropeços da vida é na família.
Tenha um dia maravilhoso. Beijos!

Nal Pontes disse...

Linda história de uma guerreira que venceu. Amei conhecer. Parabéns Evanir, Parabéns Anny por compartilhar a vida como ela é. bjs

Berço do Mundo disse...

Que linda a Larinha. Sou seguidora da Evanir e gostei de saber um pouco mais sobre ela, que nunca fala de si própria n'A Viagem!!!
Beijinho para as duas e um lindo fim-de-semana
Ruthia d'O Berço do Mundo

Paty Michele disse...

uito legal sua proposta Anne. eu conheço o blog da Evanir, foi mto bom conhecê-la um pouco melhor.

Tô passando rapidinho pra dar um OI e dizer que meu blog não morreu. Ando sumida pq meu tempo agora é todo da minha menina.

Um beijo.

Marilene Domingues disse...

Olá Anne,
Depois de alguns dias ausente, cá estou para matar saudades e deixar o meu carinho. E que grata surpresa, me alegro em ver minha querida amiga Evanir sendo entrevistada por você. Sinceridade, honestidade, carinho e amor não falta a esse doce de pessoa, não fiquei surpresa com as respostas, porque já li o livro onde ela relata tudo que colocou aqui. A minha infância também não foi muito diferente...Parabéns Anne pela iniciativa e pelo carinho com todos.
Parabéns a querida amiga Evanir pela entrevista cheia de verdades.
Beijos com muito carinho a ambas e tenham um lindo final de semana.
Marilene

Bia Hain disse...

Olá, Anne, como vai? Minha avó sabia fazer essas bonecas de espiga... ler as memórias da Evanir me deu saudades. Um abraços!

Toninho disse...

Um belo relato de vida de gente que soube entender o momento e não se deixou levar pelas dificuldades.
Gosto de gente assim, que acreditou na vida e a levou d forma honesta para ser vencedora.
Evanir voce é uma guerreira e vencedora. Seja feliz amiga.
Parabéns Anne por mais esta generosa oportunidade de conhecer melhor nossos amigos.
Meu abraço Anne.
Beijos para voces duas.

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

A Evanir é uma pessoa muito querida.
Adorei a entrevista, Anne
Deixo um beijinho carinhoso para vocês duas.
Beijinhos de
Verena e Bichinhos

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Cheguei atrasada mas cheguei, não podia deixar de faltar na entrevista da querida Evanir, li as respostas e fui sorrindo a Evanir é bem assim, ela é uma menina até hoje, aquela menina simples não desapareceu está presente sempre e eu a amo muito, beijos Luconi

Ailime disse...

Bom dia Anne, adorei a entrevista da Evanir, que vem como ela diz relatada em pormenor no seu livro A Viagem!
Admiro-a muito, porque ela ontem como hoje, teve e terá força suficiente para dar a volta à sua vida que não foi, que não tem sido nada fácil!
Beijinhos para as duas.
Ailime

eduardo medeiros disse...

Bacana a entrevista da Evanir.

Adorei a "boneca espiga" rsss

abraços

Pérola disse...

A querida Evanir é um amor tão grande.

Gostei muito da entrevista.

Parabéns às duas.

beijinhos

Maria Luiza disse...

Bacana, Evanir, muito bacana a entrevista! Foi bom conhecer vc mais um bocadito! Grande abraço e beijos para vc também, Anne!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...