terça-feira, 3 de junho de 2014

De salto alto

De salto alto

(Anne Lieri)



sapato da mãe




Menina sonha em crescer
No salto da mãe se equilibra
Quer ser grande e viver
Forte e cheia de fibra!



Pinta o rostinho rosado,
Na boca passa batom,
Seu reflexo espelhado
Olha e canta no tom.



Um vestido de princesa
Dez vezes maior que ela...
Mas se sente uma beleza!
Artista que estreia em tela.



Põem bobys em seus cabelos,
Pinta as unhas pequeninas,
Inventa alguns segredos
Brincadeira divertida!



Mal sabe a linda menina
Que o tempo chegará
Numa nuvem cristalina
E a menina levará!



18 comentários:

✿ chica disse...

Lindo,Anne e as meninas se soubesse que depois farão isso tantas vezes por obrigação de estarem bem, nem perderiam sua infância pra assim ,com coisas de gente grande brincar,rs beijos,lindo dia! chica

Rô... disse...

oi Anne,

ah,o tempo passa tão rápido,
quando somos pequenas temos tanta pressa em crescer.e depois queremos voltar
no tempo...

beijinhos

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Quantos sonhos temos quando crianças!
Principalmente nós mulheres,queremos logo crescer e sermos iguais as mamães.
bjs amiga Anne
Carmen Lúcia.

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Me lembro bem da época que adorava andar com os sapatos de mamãe...rs
Põe tempo nisso!!
Lindos seus versinhos, Anne
Tenha um ótimo dia, querida
Mil beijinhos para ti de
Verena e Bichinhos

Lilasesazuis Gata disse...

Anne,

A infância é pura ingenuidade e alegrias.

Também adorava usar adornos, roupas e sapatos da minha mamys...hehehe....ela saia e eu e irmãs nos divertíamos...hehehe...

Bons tempos!!!

beijinhos,

Lígia e =^.^=

Bolhinhas de Sabão para Maria disse...

Hummm deu uma ponta de nostalgia nessa linda poesia Anne.
Se as crianças soubessem como tudo passa rápido e tudo tem seu tempo, seriam mais crianças. Mas imaginar, fantasiar faz parte do ser criança também!

Arrasou no poema Anne.. Lindos e profundos versos!

Um beijo

Bell disse...

Toda menina faz isso.
Deu sdd...

bjokas =)

Tetê disse...

Ó vida... somos pequenas, queremos crescer; afinal, crescemos e sonhamos com a criança que ainda existe dentro de nós! Bjks Tetê

Luma Rosa disse...

Oi, Anne!
As ilusões são necessárias. Depois as meninas viram mulheres que continuam no mesmo ritual. Bem sabe a linda mulher que o tempo chegará e que sua formosura levará.
;)
Beijus,

Pérola disse...

Há meninas assim. Vaidosas,princesas.

Muitos lindos, os versos.

beijinhos

Pérola disse...

Há meninas assim. Vaidosas,princesas.

Muitos lindos, os versos.

beijinhos

Eduardo Maria Nunes disse...

A menina sonha em crescer,
da mamã calça os sapatos de salto alto
mas com eles ainda não sabe correr
para fugir do lagarto do rabo alçado

Lindos são os sapatos vermelhos,
com eles deu um trambolhão
fez nos seus joelhinhos
um dói-dói muito, arranhão.

Tem vestida saia preta,
com bolinhas brancas
não se amua, não faz cara feia
as bolinhas são redondas.

A menina é bonitinha,
já tudo faz bem feito
da mamãe princesinha
seu narizinho perfeito!

Uma boa noite para você amiga Anne, um beijo.
Eduardo.

Tunin disse...

Tudo isso passa tão depressa! É bom fantasiar, aproveitar, curtir enquanto se é criança. Linda expressão poética infantil.
Abração, Anne!

Andre Mansim disse...

Mais um de seus poemas lindos e fofos demais!
Muito bom minha amiga!

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Olá Anne! Passando para agradecer a tua visita, teu amável comentário e apreciar mais um dos teus belos poemas. O mais engraçado é que a menina deseja ser adulta e, quando consegue, faz tudo para voltar o tempo, pinta o cabelo, alisa a pele, etc. Rsrs

Ana Cecilia Romeu disse...

Anne, tudo bem?
Lindo poema!
O visual do blog está diferente, gostei.

Pois, sim, já fiz isso e hoje minha filhota Luíse, de 7 anos, já faz também, calça meus sapatos de salto alto e desfila em frente ao espelho :) Mal sabe ela que o tempo passa tão depressa...

Grande beijo e ótimos dias!

Celina disse...

´Oi Anne , tudo de bom para vc amiga, adoro ler os teu versos maravilhosos, eles são para todas as idades, eu estou perto dos.... deixa pra lá e os adoro. Vai o meu abraço carinhoso. Celina.

Beatriz Bragança disse...

Querida Anne
Experiências de meninas iguais a tantas! Todas nós gostamos,em tempos, de imitar as nossas mães!
Lindo poema,a recordar os nossos tempos de criança.Parabéns.
Um beijinho
Beatriz

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...