terça-feira, 27 de agosto de 2013

Sono perdido

Sono perdido

(Anne Lieri)



dormir



Se você perdeu o sono,
Comece a procurar
Sono não gosta de dono
Vem e vai sem avisar!



Se o sono é muito leve
Como nuvens de algodão
Decerto também é breve
E de curta duração.



Não bastam os carneirinhos
Pode contar mais de cem!
Talvez se ficar quietinho
O sono volta também!



Procure embaixo da cama
Mas creio: não vai achar!
O sono sempre me engana
Não sei onde vai parar!



Desligue a televisão
Leia alguma historinha
Não tema bicho papão
Isso tudo é mentirinha!



Pense em coisas bonitas:
Castelos, fadas, voar
Brincadeira favorita
Logo estará a sonhar!


19 comentários:

Beth/Lilás disse...

Anne,
Você disse muito bem em sua poesia singela e deliciosa.
Isso aí, procure pensar em coisas boas e bonitas para quando o sono chegar, ter bons sonhos.
Por isso não assisto nada ruim antes de dormir, tô fora de desgraças ou filmes pesados.
beijinhos cariocas

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Que lindos versinhos, Anne
Como é que você sabe que estou sem sono?...rs
Vou já me deitar e pensar em coisas bonitas, viu?
Beijinhos mil de
Verena e Bichinhos

Andre Mansim disse...

Hehehehehehehe, muito lindo minha amiga!

O Samuel meu nenê de um ano e meio é diferente de mim e da minha esposa. A gente sempre dormiu cedo, e depois que ele nasceu a gente é obrigado a dormir TODOS OS DIAS mais ou menos meia noite, porque ele fica aceso!!!!
A gente não sabe mais o que fazer, hahahahahahahaha. Tamo ferrado!

Um abração e tenha um lindo dia!

Rô... disse...

oi Anne,

adorei os versinhos,
teve uns dias que eu perdi o sono totalmente,
mas rapidinho fui atras dele e recuperei-o pelo laço,
não foge mais...

beijinhos

Ritinha disse...

Pois é... o sono é danado, quando ele não quer, não vem (rs*)
Adorei os versos, apesar da doce realidade por trás deles.
bjs
Ritinha

✿ chica disse...

Lindo,Anne e o sono não anda muito meu amigo.Vou ter que fazer mais isso,rs bjs, lindo dia! chica

Bell disse...

Eu ando ganhando sono rs....

bjokas =)

Clau disse...

Bom dia Anne :)
Que poesia mais graciosa!!
Já contei muitos carneirinhos quando criança até o sono chegar!
Bjs \o/

Lu Cidreira disse...

E é tudinho como descreve em versos.
Maravilha de leitura, nus tornamos infantis só em ler, pois é remetido aos bons tempos de criança.
Abraço e parabéns mais uma vez.
Aliás APLAUSOS.

Dorli disse...

Oi Anne!
Linda poesia para crianças.
Linda!
Beijos no coração
Lua Singular

Suzane Weck disse...

Ola querida menina voadora,um encanto os versinhos sobre o sono,aliás como tudo aqui é encantador.Beijo.SU

Élys disse...

O Sono é assim, às vezes gosta de brincar de esconder.
Beijos.

Patricia Galis disse...

Eita ne me fale esta noite passei em branco to o pó da rabiola rsrsr, é duro mesmo perder o sono.

Sissym Mascarenhas disse...

Anne doce escritora!

Como não bastasse eu contar carneirinhos noites sim e outras tambem, agora tenho um cachorrinho que dorme no meu quarto que sonha e ronca! Pode?!?!

Beijos

ONG ALERTA disse...

Sonho é tudo na vida, beijo Lisettte.

Edilene disse...

Que lindinho Anne. Ler me dá sono e quando a gente acostuma o sono ão vem ser ler um pouquinho!

Beijos amiga!

Pequeno Príncipe disse...

Tia Anne, eu durmo cedinho e acordo bem cedinho para ir a escola e não preciso contar carneirinhos!
Adorei o poeminha!!
Beijinhos
Pedro

Mamãe Nádia disse...

Amiga querida, que saudades que eu estava de passar aqui no teu cantinho!
Depois de 3 meses parada com a minha vida de blogueira, estou de volta! Vou voltar a me dedicar ao blog e vou voltar a visitar o teu blog com mais frequência!
Agora vou conferir os posts que eu perdi nos últimos dias...
Tem post novo no meu blog: www.asosmamaenadia.com
Beijos e até logo!

Luma Rosa disse...

Oi, Anne!!
Uma doçura de poesia!
Não pensar em bicho papão é a primeira providência a tomar. Contar carneirinhos? Talvez! Eu tomo chá morninho :)
Boa semana!!
Beijus,

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...