domingo, 2 de setembro de 2012

Bichinho de penas



galinhas


BICHINHO DE PENAS
( Anne Lieri)



Quando ainda era pequena
Do tamanho de um botão,
Tive um bichinho de penas
Que ganhou meu coração!


A galinha Maricota
Ciscava o dia inteirinho!
Era uma linda frangota
E do meu colo fez ninho!


Eu chamava a danadinha
Prá vir comigo brincar,
Mas preguiçosa galinha
Dormia em qualquer lugar!


Com meu sonho de menina
Era eu sua mãezinha,
E a pequena Maricota
Era a minha filhinha!


Mas que filhinha teimosa
Que não se aquietava nunca!
Passeava toda prosa
Era a dona da bagunça!


Mas amava a tal franguinha
E era tal a amizade
Que quando partiu... velhinha!
Quase morri de saudade!


28 comentários:

Gracita disse...

olá minha doce amiga. Bichinhos de estimação sempre deixam saudades quando se vão. Um poema doce e suave. Muito lindo. Um domingo lindo pra ti. Beijokas
Gracita

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Adorei...estou lendo e vendo tudo por aqui...parabéns!
Bjs e te desejo uma ótima e produtiva semana!
CamomilaRosa

✿ chica disse...

Que amor !E as crianças se apegam mesmo.Até às galinhas tão difícil de ter no colo,rss beijos,chica

Ana Paula disse...

Que amizade linda, cheia de carinho, colo, mimos mil!
A gente sente mesmo falta dos nossos bichinhos quando eles partem, mas fica toda a ternura.
Um lindo domingo pra você!
Beijo

Arnoldo Pimentel disse...

Antigamente tínhamos muitas galinhas no quintal e todas tinham nomes, rsrs.Um lindo domingo pra você.

Edilene disse...

Que lindinho! Também ja tive uma amiguinha penosa! Beijos!

Milton Kennedy disse...

Bom dia amiga Anne Lieri, super meigo seu poema, adorei.
Abraços, saúde e paz.

Imac by Artes disse...

Anne querida!!!
Ao ler teus versos a menininha que estava quietinha, saltitou de alegria. Como é lindo seu cantinho!
Tenho algumas penosas bonitas por aqui...
Abraços Um domingo, um mês abençoado e feliz para ti.

Erica Bosi disse...

Olá
É a primeira vez que visito o seu blog e confesso que adorei, por isto te ofereço o selo de aprovação que está lá no meu blog, é só passar lá e pegar.
Bom fim de semana.
Abraços!

educasempre.com

Erica Bosi disse...

Olá
É a primeira vez que visito o seu blog e confesso que adorei, por isto te ofereço o selo de aprovação que está lá no meu blog, é só passar lá e pegar.
Bom fim de semana.
Abraços!

educasempre.com

Tunin disse...

Além da beleza da poesia, a ternura da criança com a galinha, encanta.
Te vi lá na Sônia Silvino e deixei o meu abraço. Homenagem bem merecida.
Abração.

Kellen Bittencourt disse...

Oii Anne, Uma amizade diferente sem duvida, o bom de ser criança é que não temos barreiras para fazermos amizades! Fofo! Bjinhosss

lucidreira disse...

Fico maravilhado em ler esses poemas com temas do cotidiano da minha infância. Naquele tempo era fácil de aprender as letras de poemas e músicas infantis por isso.
Parabéns Anne continue assim.
Abraço

Luciana Santa Rita disse...

Anne,

Tudo bem? Sua harmonia com as palavras permitiu um texto grandioso e digno de ser repassado entre gerações, como o pintinho amarelinha e a galinha pintadinha. Vou mostrar ao meu sobrinho, já que meu filho é um adolescente.

Beijos e linda semana!

Lu

Celina disse...

oi Anne que historia mais engraçada, quando criança também criava bichinhos,as vezes era pintinhos gatinhos e o meu cachorro jaspe que era o preferido. E Belinha como vai? um cheiro pra ela e para vc o meu abraço. Celina

Su disse...

Menina que me faz voar, me faz sonhar e com essa poesia me levou lá pros meus 8 anos em que as galinhas eram minhas eternas amiguinhas nas férias no sítio da minha vó, dava comidinha e se deixassem até banho eu queria dar nas pobrezinhas...rs que corriam de mim feito umas doidas...rsrs

Adorei!!! E viajei!

Beijos e saudades!

Su.

Lourdinha Vilela disse...

Oi Anne, que bem nos faz um bichinho de estimação, momentos que ficam em nossas lembranças e se eternizam.
Adorei, muito doce. bjs.

EDER RIBEIRO disse...

Anne, eu tive um galo de estimação, ele ainda era novo qdo o meu irmão nasceu. Com a alvoroço das visitas por causa do seu nascimento, o galo voou no seu rosto. Não deu outra, o galo foi pra panela. Bjos e uma boa semana.

Tetê - Sem Neuras disse...

Que graça de poema... eu também tive um pintinho de estimação! Mas tadinho, nem chegou a ser franguinho pois vivia atrás de mim e eu subi num banco para apanhar a banheira do canário para dar banho nele e na descida, esmaguei o pobre pintinho! Naquele dia, de qualquer jeito ele ia morrer, né? Que pintinho resistiria a um banho caprichado? Já pensou? Querida,uma semana abençoada prá vocês! Bjks Tetê - Avaliando a Vida

Profª Lourdes disse...

Olá querida amiga! Em primeiro lugar quero me desculpar por está passando aqui e com um comentário prontinho. Costuma fazer isto nos Domingos porque tenho mais um tempinho e desejo visitar o maior número de seguidores. Mas o que importa mesmo e fazer te uma visita para desejar muita paz, saúde , sucesso e felicidade, com a realização dos teus sonhos. E como reflexão deixo esse lindo pensamento de Mestre Khane que diz:
“Não procures a verdade fora de ti, ela está em ti, em teu ser. Não procures o conhecimento fora de ti, ele te aguarda em tua fé interior. Não procures a paz fora de ti, ela está instalada em teu coração. Não procures a felicidade fora de ti, ela habita em ti desde a eternidade.” Abraços, fica na paz de Deus.



Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Que bonitinho, Anne
Bichinhos quando partem deixam uma saudade enorme
Beijinho crinhoso para tí de
Verena e Bichinhos

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Tia Anne querida
A vóvis acabou de ler o seu comentário para mim
Estou me achando!!!
Ando com muitas saudades dele
Mil ronronzinhos docinhos para tí e para o meu lindo namogatinho Momo
Com carinho da gatinha
Juja

Pequeno Príncipe disse...

Anne, um encanto seu poema!
Pedro ficou curioso ele nunca viu uma galinha!
Anne, sobre a casa ao saci teve algumas crianças que não gostaram!
Pedro foi uma delas!
bjs
Pedro e Amara

Filha do Rei disse...

Que lindo e delicado. Parabéns! Bjsss

Lilá(s) disse...

É o problema dos bichinhos de estimação deixam sempre saudades quando se vão...encanto de poesia!
Bjs

Túlia Catalão disse...

Passando, lendo o seu post, lembrei meus tempos de menina. E a sua poesia fez o resto. Um encanto.
Aceite o meu abraço

Renata Diniz disse...

Anne! Linda Maricota! A daqui é a Galinha Pintadinha! Beijos e linda semana!

Elisa T. Campos disse...

Que lindo Anne

Tenho saudade de muitos bichinhos de estimação. A semana passada um peixinho que durou mais de um ano e meio foi-se.É muito triste saber que não está mais no aquário.

Um lindo dia.
Bjs

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...