terça-feira, 22 de maio de 2012

De cabeça pra baixo


de ponta cabeça



DE CABEÇA PRÁ BAIXO
( Anne Lieri)



De cabeça para baixo
Se chama o irmãzinho!
Mamãe nem sabe de nada,
Mas penso em não ser sozinho...



Um mundo bem diferente
Com a cabeça nos pés!
Que torne alegre a mente,
Mude o que for de viés!



O céu chega a dar tontura,
De ponta cabeça, o sol...
A vida tem mais ternura
Quando giro, girassol...




Passa o gato enviesado,
Vejo a grama como céu!
Tudo fica revirado
Não cai boné, nem chapéu!



De cabeça para baixo
Há outro ponto de vista!
Se no mundo não me encaixo
Brinco de equilibrista!



24 comentários:

Ana Carla de Jesus disse...

Ai que fofo,eu amei! Você consegui deixar a foto mais fofa que ela já é.

Arnoldo Pimentel disse...

Ficou legal demais o poema, beijos.

✿ chica disse...

Que amor!!E aqui em casa ficava feliz ao ver os danadinhos nessa posição, "chamando maninhos"...

Linda poesia,Anne!beijos,chica

Rô... disse...

oi Anne,

que lindinhos,
adoro crianças de cabeça pra baixo,
elas são tão flexíveis,
tudo é com tanta facilidade,
e sempre bem vindos são os irmãozinhos...

beijinhos

edumanes disse...

De cabeça para baixo
As crianças inventam suas brincadeiras
Que gracinha eu lhe acho
Com as suas delicadas maneiras.

Neste mundo de incertezas
Elas precisam de muita ternura
Num futuro de esperanças e realezas
Que a crescer vão à procura!

Boa terça-feira
Um beijo
Eduardo.

♫*Isa Mar disse...

Bom dia Anne, que coisa mais linda essa menininha e o poema sem comentários né? tudo de bom!
Beijos e lindo dia!

Kellen Bittencourt disse...

Adorei Anne, crianças adoram ficar assim mesmo, lembrei da minha mãe dizendo que o sangue ia descer p cabeça rsrrs muito fofo o poema, vc esbanja criatividade sempre! Bjooooss

Pelos caminhos da vida. disse...

Ficou um xodó esse poema...

Bom dia Anne.

beijooo.

GRAÇA disse...

Ficou muito giro ...o pior é se o sangue lhe paassa todo para cabeça????
Turrinhas da amiguinha
Kika
Boa semana

Luma Rosa disse...

Que graça de poesia!! Uma fofutcha na foto! Nesse mundo revirado, de cabeça pra baixo, passa encanto, passa alegria!! Beijus,

ValeriaC disse...

Muito fofo seu poema Anne e a imagem uma gracinha...
Beijos e feliz dia amiga,
Valéria

Kamila Sensei disse...

Ola Anne! Tudo bom?

Mais um de seus encantadores poemas. Que lindo ver as coisas de cabeça pra baixo. Lembro de que quando era mais nova, adorava dentar na rede e virar a cabeça pra ver as pessoas passando na rua de cabeça pra baixo. rsrs

Abraços
http://suinguken.blogspot.com.br/

PEPI disse...

Querida Anne,
Ficou um amor o seu poema, como sempre
Somos seus fãs de carteirinha...rsrs
Um beijinho carinhoso de
Verena e Bichinhos

Élys disse...

Uma graça a foto e uma encanto a poesia.
Beijos.

Tunin disse...

Anne, parece que o povo tem um só pensamento, não é? Aqui quando uma criança ficava nessa posição, os adultos logo diziam: lá vem mais uma criança por aí. O mesmo que a mãe da Kellen falava, a minha também. Que coisa, não?!
O posto ficou muito verdadeiro.
Abração.

lucidreira disse...

Que legal, tudo de quando eramos criança mesmo!
Abraço

Mamãezinha disse...

Oi Anne! Que poesia deliciosa! Laura fica nessa posição de vez em quando, só não chama pelo irmãozinho porque não tem!! Beijos!

Palavras disse...

Oi Anne,

aqui estou eu de volta a este seu espaço doce e colorido!

De cabeça para baixo, esses pequenos nos deixam às vezes... rsrsrs

Uma graça de poesia!

Beijos

lis disse...

Um poema gostoso e uma foto só ternura.
e parabéns pela beleza de filha aniversariante !
deixo um abraço

Lorena Viana, disse...

Ana querida que lindo poema... sempre existe outro ponto de vista!
Minha filhota vira e outra está brincando de chamar irmãozinhos!
Abraço apertado.
Beijinhos cheio de carinho.
Lorena Viana

Lorena Viana, disse...

Ana querida que lindo poema... sempre existe outro ponto de vista!
Minha filhota vira e outra está brincando de chamar irmãozinhos!
Abraço apertado.
Beijinhos cheio de carinho.
Lorena Viana

Maria Alice Cerqueira disse...

Bom dia querida Anne,
Lindo e doce poema!
Que fofa esta doce foto!
Amo vir aqui!
Pequena que estes dias meu tempo tem sido muitoooooo Curtinho!
Saudades!
Amiga tenha um lindo dia, coberto de muita paz e Amor!
Meu carinho!
Alice

SOL da Esteva disse...

O teu Poema é um mimo. A foto acentua quando dizes.
A ternura existe e o necessário equilíbrio, também.
Amei.

beijos

SOL

SONINHA disse...

Poema e foto muito fofos!!!!
Beijos, minha ídola!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...