quinta-feira, 15 de março de 2012

Apêlo de uma criança



meninas



APÊLO DE UMA CRIANÇA
( Anne Lieri)


Por favor, não me abandone!
Não me deixe á própria sorte!
Sou criança pequenina
Nem sempre posso ser forte!


Não me deixe ao relento,
Na solidão dessas ruas!
Vou passar por sofrimentos,
Minha mãe será a lua...


Por favor, não me abandone,
Em casa com meus irmãos!
Te peço, não  aprisione
Um pequeno coração!


Não sou a tua boneca,
Nem mesmo um brinquedinho!
Sou gente, não sou peteca!
Cuide bem do teu filhinho!


Não me jogue lá no lixo,
Não me esqueça na escola,
Nem me use por capricho,
Para te pedir esmola!


Saiba que você tem tudo,
Mas eu só tenho você!
Por teu amor, eu me iludo...
Serei sempre o teu bebê!





23 comentários:

Inaie disse...

que triste...

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema emocionante, que toca o fundo da alma.Lindo demais.Beijos.

✿ chica disse...

Tocantes, lindas e fortes palavras,bem necessárias!!! Linda poesia! beijos,chica

Rô... disse...

oi Anne,

se tem uma coisa que mexe
comigo e com toda a minha emoção,
são as crianças...
meu Deus que lindo apelo!!!

beijinhos

Jardim das poesias infantis/Magia em versos disse...

Muito lindos versos e de um apelo á sensibilidade incrível.
Quem dera todos tivesse essa consciência.
abração com carinho

Ana Paula disse...

Um apelo intenso.
Achamos que estes versos podem estar tão distantes da nossa realidade, mas ele é mais corriqueiro do que deveria.
Seus versos são lindos!
Beijo

Celina disse...

OI ANNE BOM DIA, TANTA SENSIBILIDADE,JUNTO A UMA TRISTE REALIDADE AINDA BEM QUE TEM QUEN NOS ALERTE DE FORMA TÁO BONITA. UM ABRAÇO CELINA

edumanes disse...

A pêlo de uma criança,
Que ninguém a ele fique alheio
Sem sorte e sem esperança
De maldades está o mundo cheio!

Criança que vive sem sorte,
Abandonada sem mal ter feito
Caminhando nas ruas com fome
Gerada, nascida de um amor desfeito?

Tu criança que és inocente,
Que ao mundo mal não trouxeste
Pequenina verdadeira transparente
Para sofreres a este mundo tu vieste?

Porque estás tão triste,
Qual foi o mal que te fizeram
Porque a maldades existe
E a tua felicidade não quiseram!

Desejo um bom dia para você.
Sem maldades,
Um abraço.
Eduardo.

Marlene disse...

versos lindos anne um retrato da dura
realidade que infelizmente vemos nos noticiarios,nos enchendo de tristeza revolta e vergonha de saber que existem maldades tão ultrajantes não tão longe de nós um abraço querida parabens por esta sensibilidade linda
que pode auxiliar a muitos numa reflexão profunda bjs marlene

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida Anne
Voce colocou seu coração nesta sua poesia, Tocou meu coração profundamente, pois é uma realidade constantemente presente no seio da família, se assim se pode chamar!
Meu coração chora sempre que se depara com esta triste realidade!
Como o mundo está carente do verdadeiro Amor! Por conta desta carência quem mais sofre são as nossas criancinhas.
Um lindo dia para voce
abraço amigo
Maria Alice

Ana Carla de Jesus disse...

Nossa eu me emocionei agora,é lindo é tocante é maravilhoso!

Kippy Marrie disse...

Anne... Passando para desejar um dia lindo e abençoado pra voce e Fadinha.
Amamos "voar" aqui com voce em seu lindo e inteligente blog.
Obrigada pela amizade e por ser tão querida.
Fica com o Papai do Céu.
Aus 1000 e Beijos 1000 com carinho ...

KIPPY & LILLY

Palavras disse...

Oi Anne,

nestes tempos em que a ilusão e a diversão tem sobreposto até a maternidade, uma mensagem como esta vem dizer tudo que alguns pais precisam ouvir!

Lindo!

Beijos

Leila

ValériaC disse...

Muito lindo Anne, mais do que sentidos versos, um apelo. Criança é pra ser levada à sério, respeitada e muito amada.
Beijos,
Valéria

Edilene disse...

Muito triste saver que há tantas crianças com este mesmo apelo. Tantas famílias irresponsáveis que não amam e protegem seus filhos. Muito lindo Anne sua composição. Beijos!

Mamãezinha disse...

Anne! Muita gente precisa ler esse apelo, infelizmente. Outro dia vi o anúncio da nova novela da rede globo e a cena de uma criança sendo maltratada. Senti o estômago revirar. Aliás, pelo pouco que vejo, tenho achado as telenovelas tão violentas que chega a dar medo da "vida imitar a arte". É sempre um prazer muito grande vir aqui. Beijão!!!

Pelos caminhos da vida. disse...

Tocante e emocionante...

Estarei ausente por uns dias nas visitas, pois estou mexendo com mudança, tão logo esteja instalada voltarei, tem post novo lá...

beijooo.

Artes e escritas disse...

Criança sente e entende o respeito e o afeto. Grata pela visita, sigo este desde agora. Um abraço, Yayá.

Pepi disse...

Que poesia mais emocionante, Anne
As crianças merecem todo o amor, carinho e respeito do mundo!!
Um beijinho no seu coração de
Verena e Bichinhos

Imac by Artes disse...

Anne querida!
Emocionei-me com sua poesia.
É triste ver que muitas crianças não são tratadas como merecem.
Abraços! Boa noite pra ti e um amanhã abençoado pra ti.

Imac by Artes disse...

Anne querida!
Emocionei-me com sua poesia.
É triste ver que muitas crianças não são tratadas como merecem.
Abraços! Boa noite pra ti e um amanhã abençoado pra ti.

MA FERREIRA disse...

Anne...me emocionei com seu poema..lindo..
bjs

SONINHA disse...

É muito triste saber que tantos anjinhos são abandonados à sua própria sorte. É assustador, amiga!
Lindo poema!
Beijos!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...