terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Mulheres,comida e Deus




MULHERES, COMIDA E DEUS
( Anne Lieri)


Fuçar em livrarias é uma mania, confesso!

Dia desses achei esse livro “Mulheres, Comida e Deus” de Geneen Roth.

Não conheço a autora, mas gostei do que li:
“ ...nossa relação com a comida é um microcosmo exato da nossa relação com a própria vida.”

Geneen Roth afirma que tudo aquilo que acreditamos a respeito do amor, medo,transformação e Deus se revela no modo como comemos, quando e naquilo que comemos.

Assim, Deus não está apenas nos detalhes do Universo, mas também nos bolos, doces e batatas fritas que digerimos!

No nosso passado familiar e na maneira como fomos apresentados a comida, podem estar dores escondidas, não bem mastigadas de relações com as mães, pais e outros.

A autora propõe um caminhar de volta a nossa casa da infância, recolhendo as migalhas de pão, como no conto de João e Maria.

Esse livro traz uma proposta interessante de observar o nosso corpo e mente no momento que comemos, perceber se temos fome, porque escolhemos determinados alimentos e procurar nos livrar da alimentação emocional.

Devemos compreender que ser magra não significa necessáriamente ser feliz, como nossa sociedade tanto apregoa!

Há mulheres que tem o corpo perfeito e, nem por isso se sentem felizes!

A satisfação deve vir da alma, pois a fome espiritual não pode ser satisfeita apenas no nível físico.

Dessa forma é possível ouvir o corpo e se alimentar , sem querer preencher o vazio interior, mas apenas para se sentir bem!





17 comentários:

Inaie disse...

Amiiiga, eu quero ser maaaagra!

Leninha disse...

Minha querida Anne,
BOM DIA!!!

Gostei.Vou até pedir ao meu filho para trazer de BH,onde sempre os livros estão com preços melhores.Aqui,são proibitivos.
Um lindo dia para você,amiga.
Bjsssssssss,
Leninha

Su disse...

muito interessante, fiquei com vontade de ler mais, de saber mais um pouquinho...

vou procurar por aqui...

bela dica, menina voadora!

Beijinhos.
Su.

Luma Rosa disse...

Anne, nesse seu post poderíamos discutir várias facetas da personalidade humana e animal, pois o fato da comida ser a principal garantia de sobrevivência, faz o mundo girar em torno dela.
Para nós mulheres, o modo como encaramos a comida, diz muito da nossa personalidade. Se tratamos a comida com zelo, sinaliza a boa relação que tivemos no passado com a nossas raízes. Em geral, pessoas que tratam comida como remédio para carências, não tiveram um passado muito bom.
Vejo mães excessivamente cuidadosas com a alimentação dos filhos para no futuro, esses mesmos filhos estragarem todo o trabalho materno, intoxicando o corpo com bobagens. Pode ser encarado como rebeldia, quando os filhos inconscientemente percebem que, o se sentir responsável por uma vida, superou o amor. As mães em geral, transformam a comida em carinho e se esquecem de dar o carinho em sua forma original. A falta do tato, de abraços e afagos, excede na alimentação do paladar.
A incapacidade em reconhecer a felicidade, anda junta com a incapacidade de demonstrar amor.
Boa semana! Beijus,

Pepi disse...

Querida Anne,
A satisfação deve vir da alma, mas o que fazer quando a tal satisfação não vem????
Para mim é muito difícil, e aí é um docinho daqui, outro dalí e vamos que vamos...
Adorei a dica do livro.
Um beijinho afetuoso de
Verena e Bichinhos

✿ chica disse...

Que coisa legal esse teu achado e dica. Deve valer a pena! beijos,chica

Edilene disse...

Preciso de um livro desse! Adorei a dica, vai para minha lista. Beijinhos.

Célia disse...

Atravesso numa boa a relação com o alimento... cuido-me e quando deslizo... quem sofre sou eu mesma!Leitura instigante!
Abraço, Célia.

Imac by Artes disse...

Anne querida!
Ganhei esse livro da minha filha.
Ele é ótimo, amei!
Abraços! Uma tarde abençoada pra ti.

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde Anne
Adorei a dica!
Tenha uma linda tarde, coberta de muita paz e amor!
Abraço muito amigo
Alice

Maria Alice Cerqueira disse...

Oi Anne Minha amiga fiquei muito feliz em voce ter gostado do meu livro. Sim é uma vida muito sofrida mas que tem um Final muito Feliz, Não é verdade?
Obrigada pela grandiosa força que voce tem me dado.
Abraço muito Amigo!
Maria Alice

Tatiana Moreira disse...

Muito interessante!
Dica de livro anotada!
Obrigada por partilhar esse grande achado!
Um beijo carinhoso para você!

SIMONE PRADO disse...

Bem interessante, jamais iria imaginar tal coisa. Já sei que na forma como cozinhamos tem influências espirituais. eX: O nosso humor passa pra comida, por isso a responsabilidade de fazermos a comida bem humorada para não passar vibrações negativas para quem se come, mas esse ponto de vista que vc abordou aqui, não sabia. Obrigada por sua visita, também já fiquei por aqui. bjos.

Míriam disse...

Parece bastante interessante o conteúdo desse livro, você despertou a minha curiosidade com esse post.
Obrigada pela visita e pelo desejo de parabéns pelo meu níver. Beijos carinhosos!

Vivian disse...

Nossa Anne!!

Que visão interessante da autora!!!!Bah!!Quero ler este livro!!!Vou ver se acho!

Somos o que comemos!(verdade né?!!rsrs)e pelo jeito ainda tem mais coisas por trás!!!

Olha sou magra,mas sempre me aborreceu muito isso!!rsrsr
Depois aprendi que a satisfação pessoal não vem da nossa aparência!!!Sim de nossa essência!
E tudo ficou em paz!!

**Se eu pudesse não saia das livrarias!!!rsrsr É meu paraíso!!!
As bibliotecas também servem!!!Mas aqui onde moro é longe.
Vamos ver agora!!
A primeira coisa que vou fazer quando começarem minhas aulas é me inscrever na biblioteca da faculdade!!!rsrsr

Beijos!

SONINHA disse...

Eu adoro até o cheiro das livrarias, papelarias e coisas do gênero... rsrsrs
Beijocas!

Duas Moças Prendadas disse...

Linda a sua participação destaque , muito merecida , parabéns !
bjo. no coração !

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...