sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Choque de realidade





CHOQUE DE REALIDADE
( Anne Lieri)


Era setembro.
As árvores estavam carregadinhas de flores!
O chão das ruas era uma festa colorida de pétalas espalhadas!
Sentia imensa alegria de viver, caminhando pela cidade naquela manhã de sol!
A primavera dentro de mim...
A vida era bela!
Eu era só gratidão!
Então percebi o quanto estava errada!
Tudo aconteceu no momento que ia atravessar a rua.
Com a cabeça nas nuvens não percebi quando um motoqueiro passou ao meu lado, levando minha bolsa e até me derrubando no meio da avenida!
Algumas pessoas me ajudaram e levantei, ainda atordoada...
Perguntaram se eu estava bem e respondi que sim, mas incerta.
Demorou para cair a ficha de que havia sido assaltada!
Enquanto as pessoas ao meu redor se solidarizavam eu tentava reconstruir os fatos.
Um motoqueiro levou minha bolsa, com todos os documentos, cartão de crédito,um velho celular e alguns trocados.
Pensei que nem sempre as coisas saem como planejamos!
Estava viva, com apenas alguns arranhões no meu ego...rss...mas aprendera que não podemos deixar de estar vigilantes, mesmo que a vida esteja nos sorrindo,porque ela não sorri para todos!
Aquele motoqueiro,por exemplo, estava num dia ruim e precisava talvez, garantir o leite das crianças...rss...
E depois, consegui entender que ninguém é melhor que ninguém!
Não sou a Mulher Marvilha com um escudo invisível de proteção!
Tudo pode acontecer a qualquer um!
E com esse choque de realidade, pedi uma grana emprestada, tomei o ônibus e fui fazer o boletim de ocorrência na delegacia!


Essa é a minha participação na 84ª edição conto/história do Projeto Bloinques, com o tema:” Então percebi o quanto estava errada.”
Clique no link e participe também:


18 comentários:

✿ chica disse...

Puxa, ficou tão real que me pergunto se aconteceu mesmo...Linda ! beijos,tudo de bomchica

♫*Isa Mar disse...

É amiga, todo dia é dia para estarmos alertas, um choque pode nos despertar e nos mostrar que não estamos livres desses incidentes.
Beijos e bom dia!

Meire disse...

Anne querida minha, nossa até eu tive um choque. Mas sabe que eu ando avoada na rua, é melhor começar a abrir bem meus olhos rsrs

bjokitas mil menina que voa no meu core :)

Glória Maria - Fadinha disse...

Anne, eu me senti a mulher assaltada. Pena que ainda temos muitos irmãos fazendo coisas erradas. Vim te trazer um grande abraço e te desejar alegrias, paz e muita luz. Beijinhos

Celina Dutra disse...

Bela participação, Anne, querida! Embora o fato narrado tenha sido muito feio.

Girassóis grandes no seu dia. Beijos!

Vivian disse...

Olá,Anne!!

Adorei a criatividade!!!!
Pior é que as vezes andamos mesmo distraídas,né?!!rsrsr
Com a cabeça nas nuvens...escrevendo contos...rsrsr
Linda participação querida!!!
Beijos pra ti!!
Bom final de semana!

Alexandre Brussolo disse...

Realmente estamos expostos também ao perigo do nosso dia a dia, belo texto, abraços do Alê.

Bixudipé disse...

Ótima participação; divertida! -rs

Abração,

Rodrigo Davel

Pepi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pepi disse...

Isto aconteceu com você,Anne?
Tomara que não.
Ficou perfeito o seu conto.
Parabéns!!!
Beijinhos de
Verena e Bichinhos

Kippy Marrie disse...

Tia Anee... TE dejamos uma ÓTIMA PRIMAVERA.
Cheia de flores em seu caminho e com um cheirinho agradável de tudo que é bom.
FELICIDADES sempre.
Te amamos muito.
Bom fim de semana com amor e carinho.
Aus 1000 e beijos 1000 da Mami...

KIPPY e LILLY

LUCONI disse...

Excelente participação minha amiga, realmente amei a narrativa, entre divertida e séria você nos prende até o final, beijos Luconi

Renata disse...

Anne. Bacana e impressionante. Por vezes, carecemos deste choque para não nos iludirmos no pensamento do "comigo não vai acontecer". Beijos!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

A história
traz uma semente
de verdade,
que nos remete
ao tempo
e nos chama
a atenção
sobre os tempos
sem sentido
que vivemos...


Que a alegria seja
um rio a correr
em tua vida.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Anne! Minha querida mãe sempre dizia: "Vão-se os anéis e ficam os dedos". O mais importante de tudo é a vida. Bela participação.

Obrigado pela visita e pelo amável comentário.

Beijos e fique com DEUS.

Furtado.

Leninha disse...

Anne querida,você descreve os fatos com tamanha precisão,que até nos parece que somos os personagens desta história da vida.
Parabéns,querida.
Bjsssssssss,
Leninha

Mare disse...

Há pocos tempo atrás aconteceu este choque comigo em plena luz do dia, em frente a uma movimenta Faculdade em Salvador. Parei para dar uma informação a alguém que solicitava,era um ASSALTO!Mudei-me para Ilhéus, uma cidade linda e ainda pacata.
Não podemos mais ser bons samaritanos nos dias atuais!
Beijos, amiga
Mare

Simone MartinS2 disse...

Parabens querida, bela participação mas que na verdade nos remete a pura realidade...bjin

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...