quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Saia de chita



Saia de Chita
( Sonia Maria Cidreira de Farias)


Vou embora pra cidade
                Vou deixar o meu sertão                 No peito levo a saudade
Maltratando o coração
Vou levar a minha saia
Com fitinhas de cambraia
A preferida do meu Jão!

Se ela pudesse falar...
Diria do nosso amor
Que brotou dentro da seca
Como a mais bonita flor
Dos nossos banhos no rio
Corpos nús, tempo vadio
Banho frio, alma em calor

Minha saia colorida
Matizada pelas " flor "
Que escutou o meu amado
Me chamar de meu amor
Levantando-a com carinho
Me cobrindo de 'beijinho"
Boca em chama, tal o ardor.

Uma saia com primor!

bjs,soninha


Obrigada Soninha por essa linda poesia que só você faz tão bem! Leia mais da Soninha em seu blog:

21 comentários:

Sandra Portugal disse...

Essa saia de chita me lembrou uma saia que comprei recentemente na Loja Fábula para minha filha caçula! Linda peça!
Quero te contar que o ProjetandoPessoas fará 1 ano de existência e espero sua visita nessa celebração!
E dizer que estou muito feliz em estar nos TOP 30 pela segunda semana seguida, no Prêmio TOP BLOG 2011!
Gostaria de pedir seu voto, caso você não esteja concorrendo e ache que eu mereço seu voto!
bj Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Meri Pellens disse...

Que gracinha de poema, Anne!
Dessa saia ou vestido de chita meus pais falavam muito.
Beijinho e muita paz, querida!

Majoli disse...

Linda mesmo essa poesia de Soninha.
Beijos pras duas.

Dja disse...

que fofo esse poema, adoreiiii.

beijinhos.

LUCONI disse...

Anne esta poesia da Soninha ficou especialmente gostosa de se ler, nossa lembra sim a vida inocente da roça, do sertão, onde pequenos momentos têm o seu real valor, e pequenas lembranças como a saia de chita são eternamente guardadas,parabéns a ti e a Soninha, beijos Luconi

✿ chica disse...

Muito linda e quantas rodopiadas essa saia pode dar.Linda!beijos,chica e um beijo às duas!

Su disse...

linda demais essa poesia da Soninha... me emocionei com a história dessa linda saia...

beijos moça querida!

linda noite pra ti.

Su.

Sam disse...

Muito legal esse poema :D
Beijinhos Anne

Aleatoriamente disse...

Olá Anne.
Um poema muito interessante.
Parabéns a ti e a autora dele amada.

Beijinho .

soninha disse...

A saia por aqui ficou mais charmosa..rs..beijinhos.Deus te proteja,sempre!

Simone MartinS2 disse...

Que lindinha! Eu jative uma parecida, mas nao era tao bonita, nao tinha fitilhos e nem rendinhas, mas minha mae fez com muito carinho e para festejar eu saia de mansinho e no forro ia dançar...bjin...quantas recordaçõesme trouxe essa saia...Ah, saudades! Adorei Anne, muito legal mesmo...bjin e fique com DEUS!

Sônia Silvino disse...

Uma delícia de se ler!
Beijinhos, Anne querida!

Rosa Carioca disse...

Um amor doce, suave...

Edna Lima disse...

Linda a poesia!
A saia lembra que a felicidade pode estar em uma saia de chita.
Bjs. Bom dia.

Bia Jubiart disse...

Linda saia, belo poema... Deu vontade de vesti-la e sair dançando um carimbó!

Uma ótima sexta p/ vc Anne!

Beijosssssss

Maria Luiza disse...

Soninha caprichou na poesia ardente da saia de chita! Uma gostosura de se ler!
Glorioso final de semana!Bjbjbj!!!

Vivian disse...

Bom dia,Anne!!

Linda poesia da sua amiga querida!!!
Beijos pra ti!!
Linda sexta!!

Vivian disse...

Anne!!!

Consegui votar na fadinha!!!!!rsrsr
Cliquei no selo e lá foi fácil de achar o lugar certo pra votar!!
A fadinha tem 8 votos!!
Boa sorte querida!!!

Bixudipé disse...

"Que poesia mais gostosa!"

Adorei; abração.

Aclim disse...

Passando rapidinho pra um abraço

ValériaC disse...

Uma gracinha de poema de sua amiga...esta saia tem muitas histórias de amor pra contar...
Beijos às duas e ótimo final de semana...
Valéria

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...